Acompanhamento pediátrico correto garante bem-estar da criança

Algumas mães têm o costume de levar seus filhos a vários médicos ou, até mesmo, de passá-los em consultas de rotina no Pronto Atendimento. Onde não há tempo para desenvolver uma relação de confiança, que permita uma mais completo.

O ideal é que toda criança tenha um pediatra de confiança que a acompanhe desde os primeiros dias de vida até a adolescência, pois ele conhece todo o histórico da família e tem condições de indicar os melhores procedimentos para cada caso. ”O pediatra deve ser o médico de referência que acompanha todos os tratamentos. É ele quem deve indicar um especialista, se houver necessidade”, explica Dr. Vitor. Maiorino Netto, pediatra com mais de 40 anos de experiência.

Além de simplesmente tratar os pequenos, o pediatra que acompanha a criança ao longo da vida irá realizar a puericultura, ou seja, avaliará o desenvolvimento psicológico, a relação familiar, a interação social e todos os outros fatores que envolvem o bem-estar da criança.

Portanto, se a mãe levar a criança em vários médicos ou tiver o hábito de só passá-la em consulta no Pronto Atendimento,

Por isso, escolha um pediatra para acompanhar seu filho e consulte-o antes de buscar ajuda de outros profissionais,

Quando devo levar meu filho ao Pronto Atendimento?

As crianças devem ser levadas ao Pronto Atendimento somente em casos de urgência e emergência. Além disso, após passar com o filho no PA, a mãe deve procurar o pediatra da criança para que ele dê continuidade ao tratamento.

Urgência – situação que requer atendimento médico rápido para aliviar os sintomas, mas não há risco de piora no quadro e nem de morte do paciente.

Emergência – situação na qual as decisões e ações médicas devem ser realizadas imediatamente, pois há risco morte.

Qual deve ser a rotina de consultas ao pediatra

  • Primeira consulta – deve ser realizada ainda na primeira semana de vida da criança.
  • Até os 2 anos – consultas de rotina devem ser realizadas mensalmente.
  • Dos 2 aos 5 anos – as visitas ao médico podem ser realizadas a cada 2 ou 3 meses.
  • A partir dos 5 anos – as avaliações médicas de rotina devem acontecer a cada 6 meses.